top of page

Embraer possui 26% do mercado de proprietários de "primeira viagem" na aviação executiva.

A fabricante brasileira de aeronaves Embraer teve um crescimento significativo em seu ramo de aviação executiva em 2021 e respondeu por 26% do mercado de compradores de jatos executivos - compradores este que fizeram sua primeira aquisição de aeronave particular.

Embora a pandemia da COVID-19 tenha sido desafiadora para companhias aéreas e fabricantes de aeronaves em todo o mundo, alguns segmentos de aviação tiveram crescimento.


Há algumas semanas, no Embraer Media Day 2022, evento realizado para a imprensa internacional, Michael Amalfitano, CEO e Presidente da Embraer Executive Jets, fez uma apresentação sobre o ramo de aviação executiva da Embraer. Amalfitano iniciou sua apresentação destacando o mercado de compradores de primeira viagem.


De acordo com Amalfitano, um mercado normal de compradores de primeira viagem é de 11 a 16% e vem em diferentes áreas, sejam jatos pequenos ou grandes. Falando sobre as tendências do passado no mercado de compradores de primeira viagem, Amalfitano afirmou:

"... não havia uma perspectiva real que fosse consistente, era única para as épocas do ano. No período de pandemia, nessa transformação de 2019 para hoje, o crescimento de baixo foi literalmente uma mudança radical. menos 20% no total, quando você olha para os vários crescimentos. No nosso caso, tivemos uma participação de 26% desse crescimento."


A Embraer tem uma participação tão grande no mercado de compradores iniciantes porque o crescimento vem das aeronaves de base, jato básico, jato leve, cabine média e cabine pequena. Todos os quatro jatos executivos da Embraer se enquadram nessas categorias.

31 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page